Goiânia: Cresce a busca por cosméticos orgânicos

É difícil encontrar quem não goste de cosméticos. Além da estética, também há a questão de higiene, como: xampus, condicionadores e sabonetes, por exemplo. Com tantas opções disponíveis no mercado, uma tendência que tem ganhado força é a dos produtos naturais e cosméticos orgânicos. O assunto foi discutido no Momento Ludovica Moda e Beleza, na Rádio CBN Goiânia.

De acordo com a farmacêutica bioquímica Patrícia Helena, os produtos considerados naturais são livres de parabenos, silicones e outros produtos derivados do petróleo. Segundo a farmacêutica, embora varie de pessoa para pessoa, os produtos convencionais, podem causar irritação no couro cabeludo, no caso de xampus e condicionadores.

Ainda segundo Patrícia, ao trocar de produto, cada pessoa sente a resposta de uma maneira diferente. A farmacêutica reforça ainda que o brasileiro tem a mania de acreditar que a espuma produzida durante o banho é sinônimo de limpeza, mas não é bem assim. De acordo com a especialista, espuma é prejudicial ao meio ambiente, por isso, os cosméticos orgânicos não produzem espuma como os demais.

De acordo com o dono de uma marca de cosméticos naturais na capital, Igor Seba, o goianiense tem buscado por produtos que tenham pegada sustentável. "Esse movimento começou na alimentação, mas hoje as pessoas estão mais ligadas à questões de preservação da natureza", afirma.

Igor ressalta ainda que outra vantagem dos cosméticos naturais é o fato de não serem testados em animais, o que contribui para o fortalecimento da prática vegana. Para o empresário, os produtos orgânicos não são exclusividade das mulheres, mas os homens também tem procurado por esse segmento.