Blog

espiritualiadade Em 24 de novembro de 2017 / Viva Piatan

A importância da religiosidade e espiritualidade para a saúde

O homem é um ser que possui diversas crenças, que interferem em todos os âmbitos de sua vida e com a espiritualidade não seria diferente. O importante é viver em coerência com aquilo que acredita

No dicionário, espiritualidade está classificada como característica ou qualidade de quem revela intensa atividade religiosa ou mística. Mas ela poderia ser facilmente explicada pela vocação humana de buscar significado na vida por meio de conceitos transcendentais. Hoje, a relação entre espiritualidade e saúde vem sendo amplamente estudada por médicos de diversas áreas.
Isso porque a espiritualidade está sendo suporte terapêutico para diversos pacientes. Claro que não estamos falando que a espiritualidade sozinha pode curar o paciente de uma doença grave, mas sim que o tratamento laboratorial e religioso pode auxiliar o paciente a enfrentar enfermidades de uma forma menos dura.
No entanto, esse pode ser considerado um grande desafio para a comunidade médica, já que engloba questões relacionadas à ciência da medicina e ética profissional.

Pesquisas realizadas

pesquisas realizadas

Este tema vem sendo bastante estudado no Brasil. Realizando uma breve pesquisa no Google é possível encontrar artigos da Faculdade de Medicina do ABC, Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein Instituto do Cérebro, Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Universidade Estadual de Londrina e muitas outras.
Segundo o Censo de 2010, 99,7% dos brasileiros acreditam em Deus, dos entrevistados, 87% são cristãos e 65% católicos. Fazer parte de um grupo religiosos não significa que o indivíduo promove um relacionamento estreito com o estilo de vida saudável, muito pelo contrário.

Crenças

crençasPor causa da religião, muitas pessoas sofrem impactos na saúde e na vida. Isso porque, algumas vezes, a crença pode influenciar nas decisões do paciente em relação ao tratamento, forma de se alimentar e maneira de comportar-se perante os outros. Muitas vezes, a opinião médica é ignorada em razão da espiritualidade.
No Brasil, por exemplo, um país onde a maioria da população se considera cristã, muitas dessas pessoas não estão compromissadas em cuidar do seu corpo como se fosse um templo. É comum que as pessoas se alimentem de forma desregulada, ingerindo produtos industrializados e utilizando cosméticos repletos de parabenos.
Seres humanos foram criados por Deus para serem sua imagem e semelhança, segundo o Cristianismo. Utilizar tudo que vem da natureza era o propósito do ser humano durante a criação descrita no livro de Gêneses. Entretanto, o que vemos hoje é o ser humano abusando do uso de cigarro, álcool e fazendo péssimas escolhas alimentares consumindo produtos altamente processados.
Para que não possamos cometer esse erro, devemos ser coerentes e implementar a filosofia da nossa religião em todos os âmbitos da nossa vida. Você está preparado para começar as mudanças hoje?

Facebook Comments

Compartilhe: