Blog

Empreendedorismo Em 18 de maio de 2018 / Empreendedorismo

Empreendedorismo realmente de sucesso não requer apenas boas ideias e determinação, mas também uma missão de vida por trás dele

Quando o negócio tem um propósito por trás e propicia crescimento pessoal para quem o cria e para as pessoas que estão à sua volta, o sucesso é abençoado e a prosperidade vem como consequência. Conheça as histórias de quem conseguiu chegar lá! 

Toda grande sacada nasce de uma fonte inspiradora que, na maioria dos casos, está diretamente ligada ao propósito de vida do idealizador. Assim foi com o fundador da Mormaii, Marco Aurélio Raymundo, mais conhecido como Dr. Morongo, que montou algo ligado à sua paixão pelo surf e por ajudar as pessoas. Assim ele prosperou e fez uma cidade inteira prosperar também. 

Com o fundador da Piatan, Igor Sebba, não foi diferente. Ou seja, não está sendo diferente (guardadas as devidas proporções, afinal a história é muito mais recente do que a do Dr. Morongo). E é sobre isso que vamos escrever. Sobre histórias de pessoas que empreenderam baseadas em seu estilo de vida, e que, consequentemente, realizam seus sonhos (e os de outras pessoas) diariamente. 

COMO TUDO COMEÇOU 

Começando da Piatan. “Confesso que criar uma empresa de cosméticos nunca passou pelo meu sonho de infância. No entanto, ela foi a consequência do legado que eu quero deixar para as próximas gerações”, confessa Igor. 

Empreendedorismo

“Eu nasci e fui criado em uma família de atletas. Como bom fruto do meio, meu interesse pelos esportes não poderia ser diferente. Durante minha infância e boa parte da juventude, sonhei em me tornar um atleta profissional e me mudei para os Estados Unidos na tentativa de realizar o meu objetivo. Após minha estada por terras americanas, retornei ao Brasil e vi que entre o meu sonho e a concretização dele, havia também um outro caminho que eu achava necessário seguir: o dos estudos”. 

“Depois de formado, me engajei em diversos projetos, mas nada que fizesse SENTIDO para mim (mesmo que nesta época eu não entendesse o significado de propósito de vida nem sobre a importância de seguir o que nos move). Na verdade, enquanto gastava minhas energias nesses projetos, tudo o que eu queria era encontrar qual seria o grande acerto. Nessa história, me deparei com diversos desafios e fracassos, mas sempre dei um jeito de me reinventar”. 

Igor conta que chegou a ganhar muito dinheiro com seus empreendimentos anteriores, mas nenhum deles preenchia sua vida. Nenhum o fazia se sentir realizado. “Hoje que estou apenas investindo, sem ainda ter visto o retorno, afinal a empresa é muito nova, me sinto bem mais feliz e satisfeito. Isso porque descobri meu propósito de vida e evolui um passo espiritualmente”. 

A GRANDE SACADA 

Voltando a falar sobre a “grande sacada que nasce de uma fonte inspiradora”, Igor contou como identificou que a Piatan seria o meu grande acerto. 

“Eu costumo dizer que a Piatan Natural surgiu em minha vida como um presente de Deus, em um momento delicado em que eu enfrentava um câncer na família. No meio desta turbulência tive minha vida virada de cabeça para baixo e comecei a me questionar sobre minha existência e qual seria o meu papel neste mundo”, conta. 

No meio de tantos questionamentos e com a ansiedade pulsante, ele sentiu a necessidade de se tornar mais relevante para o mundo, e foi bem aí que encontrou sua missão: “mudar minha postura perante o mundo, oferecer oportunidades para as pessoas se desenvolverem tanto profissionalmente, quanto pessoalmente, e, consequentemente, proporcionar a mim e a essas pessoas que acreditassem na ideia uma vida com mais equilíbrio”.  

MAS COMO TRANSFORMAR ESTA “UTOPIA” EM ALGO REAL? 

Com a ideia em mente, era hora de agir! “Investi toda a minha energia e esforço até encontrar um meio de fazer dar certo. E é aí que reforço a máxima de que a Piatan foi o instrumento que encontrei para tornar esta ideia real e contribuir para o bem comum através da fabricação de produtos de origem natural que não agridem nem o meio ambiente, muito menos fazem mal à saúde”. 

A Piatan foi criada para oferecer uma oportunidade às pessoas de transformarem suas vidas, prosperando na área financeira, adquirindo e levando conhecimento sobre a importância de cuidarmos com a nossa saúde – desde as escolhas dos produtos que usamos em nosso dia a dia. 

“E toda vez que relembro minha história enquanto fundador da Piatan, percebo como meu propósito de levar mais saúde e bem-estar às pessoas está chegando a lugares muito maiores do que os que eu já sonhei um dia”, comemora o fundador. 

“Estamos construindo a maior comunidade de bem-estar do mundo! E é por isso que não meço esforços em ajudar quem também embarca na ideia da Piatan. Pois através dela nos tornamos mais felizes, ganhamos dinheiro, e ainda realizamos todos os nossos sonhos”. 

MORONGO JÁ CHEGOU LÁ. DEIXOU SEU LEGADO 

Voltando à história de Marco Aurélio Raymundo, vulgo Dr. Morongo, empreendedor que sempre surpreendeu por suas ideias revolucionárias, seu negócio surgiu de duas paixões: o surf e a missão de ajudar as pessoas. Na profissão de médico ele já ajudava muita gente, mas como empreendedor, ele acabou ajudando uma cidade inteira. 

Empreendedorismo

Dr. Morongo é o fundador da Mormaii, maior empresa surfwear do Brasil (mas que já está espalhada por todo o mundo). Na década de 70, ele acabara de se formar em medicina, mas paralelo aos estudos, sempre teve uma paixão pelo mar. Era surfista e tinha como objetivo de vida pegar ondas todos os dias e ajudar as pessoas com o seu trabalho. 

Com total desprendimento, ele trocou a cidade grande, Porto Alegre, por Garopaba – à época uma vila de pescadores cheia de praias desertas – e decidiu colocar seu sonho em prática. Durante a manhã surfava. À tarde oferecia atendimento médico aos nativos. 

A GRANDE SACADA ll 

Tudo ia bem, até que o inverno chegou e o sonho de surfar todos os dias foi ameaçado. Era quase que impossível permanecer na água com temperaturas tão baixas. Foi aí que ele teve a ideia simples de juntar retalhos de tecido neoperene, mais finos que os de roupas de mergulho, e construiu a primeira roupa de surf do Brasil. 

A novidade virou sensação entre os amigos do Dr. Morongo, que puderam aproveitar as ondas mesmo no inverno. Depois disso, ele começou a vender as peças para os amigos e o sucesso foi tanto que precisou contratar mão-de-obra para ajudá-lo. As encomendas de algumas lojas surgiram e cada vez mais empregos foram gerados. 

Atualmente, a Mormaii está presente em todos os continentes e o sonho real da vida simples continua. Ou seja: ele consegue, através da geração de empregos diretos e indiretos, ajudar pessoas em todo o mundo e continua surfando todos os dias. 

Não é demais?! 

E você? Está no mesmo caminho? Se não, o que falta para isso? 

Facebook Comments

Compartilhe: